De quantos dias eu preciso para visitar todos os parques de Orlando?

Quem quer “zerar” os parques temáticos da cidade precisa se programar para uma viagem de vários dias

Orlando tem, facilmente, atrações para semanas de passeio (já que essas atrações definitivamente não se restringem aos parques temáticos; mas isso já é assunto para outro post) – mas, infelizmente, a maioria de nós, meros mortais, não pode passar semanas explorando a cidade. Como, então, organizar o tempo e priorizar atrações quando se tem dez, sete, cinco, três dias para passear??? Ou melhor: de quantos dias eu preciso, idealmente, e no mínimo, para conhecer todos os parques da cidade? (Isso considerando que todos os dias sejam dias de passear nos parques, e só isso! Nessa conta, outros passeios exigiriam dias extras.)

islandsofadventure

Pergunta capciosa. Muita gente pode ser levado a fazer uma conta simples: listar os parques que quer visitar, reservar um dia para cada, e prontinho! Acontece que geralmente não é beeem assim: alguns parques precisam tranquilamente de mais de um dia para ser explorados – se você não quiser perder nada, é claro. Já em outros parques, metade de um dia pode ser suficiente – novamente, dependendo de suas prioridades; e se você tiver um intervalo curtinho para viajar. E a época em que você vai viajar também influencia esse cálculo: em meses de menos movimento, você precisa de menos horas para visitar cada parque, porque perde menos tempo esperando em filas.

É por isso que este post não pretende, de modo algum, fornecer uma resposta definitiva para essa pergunta: a ideia é mais mostrar quais fatores você precisa levar em conta na hora de fazer seus cálculos – talvez, no máximo, apontar algumas coisas que aparentemente são consenso, como o fato de que eu nunca vi uma pessoa sequer recomendar que você reserve menos de um dia inteirinho para explorar o Magic Kingdom. Aqui também vai a minha opinião: que é MINHA, e, como tal, extremamente pessoal. Eu sou apaixonada por parques de diversão, e absolutamente viciada em Disney e Harry Potter – então é claro que minhas indicações de tempo podem parecer um pouquinho exageradas para quem é mais, digamos assim, moderado (hihi).

animalkingdom

Se eu tivesse que responder a essa pergunta na lata, minha resposta seria: dez dias. Minha conta é mais ou menos assim: eu sempre considero dois dias para o Magic Kingdom, porque é um parque grande e super lotado – há parques que são maiores em extensão, por exemplo, mas que têm muito “espaço vazio”: no Magic Kingdom, uma atração é coladinha na próxima! Um dia para o Epcot, um dia para o Hollywood Studios, um dia para o Animal Kingdom. Três dias para os parques da Universal: eu não estou contando o aquático Volcano Bay, estou levando em conta apenas o Universal Studios e o Islands of Adventure, mesmo. É que, para mim, o ideal é comprar o ingresso que permite que você visite os dois parques no mesmo dia, e usar esse terceiro dia para revisitar as melhores atrações de ambos – usando o Expresso de Hogwarts para se locomover entre os dois, claro! Um dia para o Busch Gardens, um dia para o SeaWorld. E fechou – eis meu mínimo ideal.

Percebam: eu não incluí os parques aquáticos – então você precisa somar dias para eles, caso faça questão das piscinas e toboáguas. E não considerei o Legoland, por exemplo – digamos que foquei nos “principais”, aqueles que todo mundo conhece e dos quais lembra quando pensa em Orlando. Eu também acho que a partir do final de agosto o Hollywood Studios vai entrar na categoria do Magic Kingdom e precisar de dois dias para ser explorado satisfatoriamente, com a inauguração da Galaxy’s Edge, área temática de Star Wars. E, no mundo ideal, eu adicionaria ainda um dia extra, para voltar e revisitar o parque favorito da viagem – mas isso é mais um bônus, um luxo, digamos assim.

universalstudios

Tá, mas não dá pra fazer nenhum parque em metade de um dia? Dar, dá – e pode ser uma solução para quem tem poucos dias para estar por Orlando. Mas não é exatamente algo que eu recomendo: fazer tudo de olho no relógio sempre prejudica um pouco a experiência como um todo – podendo dedicar pelo menos um dia completo a cada parque individualmente, faça isso.

Se for extremamente necessário (e você preferir diminuir o tempo de passeio em cada parque em vez de eliminar parques inteiros da lista para poder se dedicar melhor a outros), algumas dicas: 1) Eu, pessoalmente, amo o World Showcase, a parte mais contemplativa do Epcot – mas, se você gosta mesmo é de rides e de emoção/adrenalina, pode preferir visitar só o Future World e tocar para o próximo parque logo em seguida; 2) Se você não quiser fazer os safáris e a parte de observação de animais/natureza do Animal Kingdom, é possível visitar o parque em menos horas – se você conseguir FastPasses para as atrações mais concorridas, como as duas da área Pandora: The World of Avatar e a montanha-russa Expedition Everest; 3) Se você não quiser assistir aos shows com animais, o SeaWorld é perfeitamente “visitável” em meio dia – isso, eu (que definitivamente prefiro focar nas montanhas-russas) digo com tranquilidade.

Ah, claro: dá pra fazer o Magic Kingdom em um dia só, elencando direitinho suas prioridades, pensando de quais atrações você não abre mão, e escolhendo com saberia quais deixar para lá – a maioria das pessoas, na verdade, reserva só um dia para o parque, mas obviamente não consegue visitar, conhecer ou fazer tudo. Zerar o parque em onze ou doze horas é absolutamente impossível – pode esquecer.

magickingom

Okay, e se você não tiver dez dias para passear pelos parques? Ou melhor: e se não tiver nem sete? Nem cinco? O que fazer quando você só estiver de passagem por Orlando e quiser aproveitar um ou outro dia livre no meio de seus eventuais compromissos para conhecer um pouquinho da magia dos parques temáticos da cidade? Aí é mesmo questão de prioridades – de se conhecer e saber eleger as suas. Qual parque (ou quais parques) mais combina com seu perfil? Em qual deles você se divertiria mais?

Se você não tem nem ideia de por onde começar, nossa lista de parques de Orlando pode ajudar: reunimos lá as informações essenciais e o “perfil” de cada um deles, para você ver qual mais se encaixa com o seu. Também temos nosso teste de Perfil de Viajante Orlando – que é mais uma brincadeira, mas vai que te dá uma luz? 😉 E, se você precisar de mais dicas para organizar seus dias em Orlando, entre em contato com a gente! Estamos aqui para ajudar! 🙂

Minha única dica mais específica no caso de os dias para visitar parques serem mesmo pouquíssimos é esta: vale mais a pena visitar direito só um ou dois parques do que tentar espremer seis deles em dois ou três dias de visita. Não caia nessa! Você vai acabar fazendo tudo com pressa, e não vai conseguir aproveitar nada muito bem – isso sem contar o número de atrações que vai ter que deixar de fora, né? Obviamente, a opção de visitar menos parques também é bem mais econômica, já que você precisa investir em um menor número de ingressos. Relaxe e deixe os parques restantes para uma próxima viagem! Porque, sim, você com certeza vai querer retornar a Orlando: se tem uma coisa que todos os turistas carregam de lá quando vão embora – independente da quantidade de dias que tenham passado na cidade – é justamente a vontade de voltar. ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.