Super Nintendo World: novo parque da Universal vai contar com área dedicada aos games da empresa

Com base nas atrações e características já anunciadas para a land da Nintendo no Japão, reunimos dicas de como o novo espaço deve ser

Desde o anúncio do Epic Universe, novo parque da Universal em Orlando, os fãs já apostavam que uma das áreas do novo complexo fosse o Super Nintendo World, dedicado, como diz o nome, aos jogos e personagens da companhia japonesa Nintendo – afinal, a área vai ser inaugurada no primeiro semestre deste ano no parque da Universal no Japão, e a empresa (assim como a Disney) costuma replicar em seus parques pelo mundo o que já deu certo em um deles.

Pois dito e feito – no final de janeiro, a Universal confirmou as apostas (e o desejo!) dos fãs: o Super Nintendo World vai chegar primeiro ao Universal Studios Hollywood, na Califórnia (provavelmente em 2021 ou 2022), e, mais tarde, estrear também em Orlando, no novíssimo Epic Universe! No Japão, o valor da expansão foi confirmado em US$ 544 milhões; cerca de US$ 90 milhões a mais do que a obra que deu origem ao Wizarding World of Harry Potter! Se a construção em Orlando seguir esse padrão, vem coisa boa por aí.

Mas como será que a nova land vai ser? Bom, decidimos fazer algumas apostas baseado no que já foi revelado a respeito do Super Nintendo World japonês – é bem possível que a versão norte-americana tenha um molde parecido, ou pelo menos atrações em comum. No Japão, a área será dominada pela franquia mais famosa da Nintendo, Super Mario Bros., e vai se espalhar por três diferentes níveis verticais. Algumas das locações mais icônicas dos games, como o castelo da Princesa Peach e a fortaleza de Bowser, vão estar presentes – é possível ver vários desses elementos visuais nos dois vídeos promocionais que incluímos neste post. 😉

Assim como acontece com a área do Beco Diagonal no Universal Studios em Orlando, o Super Nintendo World japonês parece completamente separado do resto do parque (o que faz sentido, já que, por lá, o espaço onde a land está sendo construída era, antes, um estacionamento) – quem está lá dentro não consegue ver o lado de fora, e vice-versa, criando uma experiência bastante imersiva. Em um dos vídeos promocionais, Mário entra na land por um grande cano verde, como costuma fazer nos jogos de sua franquia – mas ainda é impossível saber se a entrada real do espaço vai ser exatamente assim, ou se a imagem é apenas ilustrativa.

Duas atrações foram confirmadas até agora. A principal delas é Mario Kart, derivada do game de mesmo nome e enorme sucesso, que deve ser realmente uma pista de corrida – com realidade virtual possibilitando até mesmo que os visitantes arremessem itens uns contra os outros, exatamente como nos jogos. A outra é Yoshi’s Adventure, uma “dark ride” (ou seja, uma atração no escuro) mais voltada às crianças, e focada no dinossauro que é parceiro de Mario em tantas aventuras. As duas atrações foram anunciadas como a “primeira fase” do Super Mario World japonês – ou seja, no futuro a land deve ser expandida.

Claro, a área em si já vai ser uma atração – como é o caso do próprio Wizarding World of Harry Potter, ou, no caso dos parques da Disney, dos espaços dedicados a Star Wars ou Avatar. Exemplares da clássica Planta Piranha ou dos blocos marcados com pontos de interrogação (flutuando, será?) estarão espalhados pela land; e também vai ser possível encontrar personagens para fotos e autógrafos.

A Universal também prometeu um alto nível de interatividade no local: os visitantes vão poder comprar as chamadas Power Up Bands (pulseiras tecnológicas com um visual semelhante ao das Magic Bands da Disney) e, por meio delas, interagir com o cenário – talvez de modo semelhante ao que hoje é possível fazer comprando a varinha interativa da área dedicada a Harry Potter?

As Power Up Bands vão vir em pelo menos seis modelos, inspirados nos personagens Mario, Luigi, Peach, Daisy, Toadstool e Yoshi; e poder ser conectadas a um aplicativo, que vai registrar a pontuação e o status (além do número de moedas coletadas, é claro!) do visitante/jogador enquanto ele passeia e interage pela land. Ah: o aplicativo também pode transmitir a pontuação do jogador para o seu Nintendo Switch, se ele tiver um. Será que, de alguma forma, a aventura vai poder continuar quando o visitante voltar para casa?

As Power Up Bands vão vir em pelo menos seis modelos, inspirados nos personagens Mario, Luigi, Peach, Daisy, Toadstool e Yoshi
As Power Up Bands vão vir em pelo menos seis modelos, inspirados nos personagens Mario, Luigi, Peach, Daisy, Toadstool e Yoshi

E aí, será que o Super Nintendo World de Orlando vai ser parecido com o japonês? Estamos na expectativa! Mas ainda vai demorar um pouquinho para sabermos de verdade: a previsão de inauguração do Epic Universe é para o ano de 2023! Quer saber mais sobre ele? Confira nosso post completinho logo abaixo!

Tudo o que já se sabe sobre o Epic Universe, novo parque temático da Universal

Precisa de mais dicas para sua viagem a Orlando? Selecionamos mais dois posts para você conferir:

Quantos e quais parques existem em Orlando?

Vale a pena viajar à Disney?

Quer ajuda para organizar a viagem? Entre em contato com a gente aqui! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.